Remédios

Formas farmacêuticas


São as diferentes formas físicas que os medicamentos podem ser apresentados, para possibilitar o seu uso pelo paciente. As formas farmacêuticas podem ser:
- Comprimidos
- Cápsulas, pós e granulados
- Xaropes
- Soluções (gotas, nasais, colírios, bochechos e gargarejos e injetáveis)
- Supositórios, óvulos e cápsulas ginecológicas
- Aerossóis
- Pomadas e suspensões

Existem diferentes formas farmacêuticas por diversos motivos, entre eles estão:
- Para facilitar a administração.
- Garantir a precisão da dose.
- Proteger a substância durante o percurso pelo organismo.
- Garantir a presença no local de ação.
- Facilitar a ingestão da substância ativa.

Em alguns casos, as formas farmacêuticas servem para facilitar a administração de medicamentos por pacientes de faixas etárias diferentes ou em condições especiais. Para uma criança, por exemplo, é mais fácil engolir gotas em um pouco de água do que engolir um comprimido.

 

Via de administração
É a maneira como o medicamento entra em contato com o organismo, é sua porta de entrada, podendo ser:

- Oral (boca);
- Retal (ânus);
- Parenteral (injetável);
- Dermatológica (pele);
- Nasal (nariz);
- Oftálmica (olhos);
- Sublingual (embaixo da língua)
- Outras...

 

Cada via é indicada para uma situação específica, e apresenta vantagens e desvantagens. Uma injeção, por exemplo, é sempre incômoda e muitas vezes dolorosa, mas, por outro lado, apresenta efeito mais rápido.

 

PublicidadeRemédio e Medicamento